2018 por SWEET RECORDS. Todos os direitos reservados. @Jorge Goes

BIOGRAFIA

JORGE GOES NASCE A 31 DE JULHO DE 1968,A SUA PRIMEIRA CANÇÃO É A DAS “PIPOCAS” AO 6 ANOS DE IDADE.

Jorge Goes nasce a 31 de Julho de 1968, a sua primeira canção é a das “Pipocas” aos 6 anos de idade. Jorge Goes estreia-se em palco no Cine-Teatro de Elvas em 1993 num espetáculo solidário para os bombeiros voluntario de Elvas. Com varias atuações em casas de Fado pelo pais e nomeadamente Lisboa na Adega Machado, Nónó, Pátio de Santana, arrisca em 1995 num concurso da RTP 1 para cantores intitulado “Seleção de Esperanças” do qual é finalista, a sua primeira experiencia em televisão. Em 1997 sobe ao palco das festas do Crato dividindo palco com o fadista Camané, sendo também nesse ano finalista do programa da rádio renascença “Lugar aos novos” e concurso de Fado “Alunos da Apollo”. Depois de várias atuações em todo o pais com Fado surge em Jorge Goes gostos musicais para a área do Jazz, Swing, Bossa-nova, gravando ele alguns temas de Fado com estilo jazzista, chamando a este projeto “Fado com Swing” fazendo alguns concertos pelo Alentejo com a sua banda. Através de um amigo comum no ano 2000 conhece José Cid, o qual convida Jorge Goes a gravar o seu primeiro álbum em 2001 ”Contra Corrente” com o selo da editora Upgrade Records e distribuído pela editora Ovação, álbum numa onda de fusão, Jose Cid é produtor deste disco. Surgiram depois alguns espetáculos com Jorge Goes a fazer a primeira parte dos espetáculos de José Cid. Com este disco surgiram também aparições em programas de tv, ”SIC, RTP1,TVI, Canal Extremadura, Locália Tv”, programas de rádio como “RDP internacional, RR, Radio Comercial, Antena1 entre outras rádios locais.
Jorge Goes recebeu da Câmara Municipal de Elvas uma carta de louvor e distinção pela sua participação como Rei do Carnaval de Elvas em 2003.
Depois de algumas atuações em casinos, hotéis, festas privadas, festas de rádios, festas solidarias e estrangeiro, surge em 2013 com novo álbum ”Tempo ao Tempo” com o selo da editora Numérica, um álbum de temas originais de sua autoria, de André Sárbib e Cláudio Cesar Ribeiro, estes dois os produtores do álbum, Jorge Goes assume-se como um cantor multifacetado e compositor autor, assume a produção e direção artística do ArtJazz Festival de Elvas desde 2013.
Depois de muita estrada Jorge Goes decide em 2017 gravar o seu terceiro disco voltando às origens, este dedicado ao “Fado” e ao seu pai João Goes, Jorge escolhe para seu produtor o reconhecido baixista e amigo Carlos Menezes, disco que toma vida entre Maio e Setembro de 2017 intitulando-se ”Fado novo Fado velho”, álbum com treze faixas, com temas originais e fados bem conhecidos.

Disco apresentado em Portugal dia 3 de Março de 2018 na Casa do Alentejo em Lisboa.

Desde que recuerdo siempre fui cantante. Recuerdo perfectamente que mi primera canción fue la canción de "Pipocas" con  6 años de edad, en el grado 1. Me estrené en público en 1993 en mi tierra, Elvas, en una fiesta para los bomberos.Cuando empecé a cantar  tenía como artistas de referencia a Paulo de Carvalho, José Cid, Carlos do Carmo, Manuel de Almeida, Fernando Maurício, Amália Rodrigues, António Mourão, Fernando Farinha, Carlos Ramos ... pero siempre he tenido influencias del Fado, jazz, bossanova, bolero y tenía como referencias a Frank Sinatra, Tony Bennett, Ella Fitzgerald, Louis Armstrong, Nat king Cole, Tom Jobim, Gilberto Gil, Djavan, Caetano Veloso, Simone y Julio Iglesias.

En el año 1995 llegué a la televisión portuguesa RTP 1  mediante un concurso de cantantes que me dio proyección nacional.En 2001, llegó la invitación para grabar el primer CD, con la producción de José Cid y editado por el sello de la editora Upgrade Records y distribuidora  Ovação de Portugal.El camino hasta la actualidad me llevó por muchos lugares hermosos propagando mi música, desde grandes conciertos, bares, fiestas privadas, hoteles, cenas de empresa, fiestas de Navidad, bodas, comuniones, bautizos ... así como numerosas actuaciones en Portugal y en España, siempre haciendo buena música con gran profesionalidad y dignidad.

Durante todos estos años he escrito mis canciones, mi música y mis letras siempre basándome en experiencias reales de mi vida y de vidas cercanas a mí, hasta que llegó una altura que pensé, es el momento de dar a conocer al mundo  mis canciones, si son "buenas o malas",  eso no importa porque son mis canciones y las quiero ofrecer a todo el mundo y a mis fans.

Fue en 2012 que conocí al gran músico André Sarbib que hizo la producción de mi segundo disco y aquí les dejo también en mi sitio web: www.jorgegoes.com, enlaces de acceso a mis canciones, vídeos y fotos, donde se pueden hacer una idea de este álbum y de mi carrera discográfica.

Ahora en 2017 grabo mi tercer disco “Fado novo Fado velho” que presentaré al público en enero de 2018.

Espero que disfruten de mi música.

Gracias